Taxa Selic: Entenda como ela influencia o mercado da construção civil

A taxa Selic é um dos índices que apontam a situação econômica do nosso país, sendo um dos mais importantes, tendo em vista o que seu percentual irá refletir diretamente em todas as taxas de juros vigentes no Brasil, impactando diretamente nos financiamentos, empréstimos e investimentos. 

Dessa maneira, podemos deduzir que a taxa Selic interfere e influencia diretamente o mercado da construção civil, podendo aquecer ou desacelerar a produção do mercado, ela possui relação direta com os financiamentos e empréstimos, tanto para quem constrói, como para quem decide comprar. 

Essa taxa sobre com o cenário econômico, por isso, é comum que ela oscile constantemente. Os fatores econômicos causados pela crise instaurada pela pandemia da Covid-19, a exemplo disso, pudemos presenciar essa oscilação explicitamente. No início, a taxa Selic sofreu uma queda e chegou a 2%, o que serviu para aquecer o mercado imobiliário do país, entretanto, após um curto período de estabilidade, ela voltou a subir, chegando a 6,25%, desacelerando o mercado novamente. 

Para os próximos meses, existe uma tendência favorável para que ela continue subindo, o que, mais uma vez, irá impactar o mercado da construção civil. Por isso, para os profissionais que atuam nesse segmento, entender e acompanhar as variações da taxa Selic é essencial. 

A taxa Selic 

Mas afinal, o que é a taxa Selic. Ela leva o nome de Sistema Especial de Liquidação e Custódia, funcionando como o índice básico de juros para a nossa economia. 

A sua administração fica a cargo do Banco Central, que é o responsável pela negociação de títulos públicos federais. Como dissemos, essa taxa influencia diretamente todas as outras praticadas no Brasil. 

A sua importância é tanta, que quando cai, pode aquecer os mais diferentes segmentos da nossa economia, já que em queda, possibilita vantagens para quem se propõe a realizar empréstimos, financiamentos e taxa de juros sob as transações bancárias. A taxa Selic ainda contribui para a regularização da inflação, controlando a emissão, compra e venda de títulos. 

Exemplificando, quando a taxa sofre uma queda, é possível observar, quase que imediatamente, um aumento no poder de compra, principalmente as transações via crédito, o que acelera o consumo. Se o contrário acontece, consequentemente, o consumo desacelera, mas as transações de investimento tendem a aumentar. 

Manual interativo para o pós-obra


➤ Confira, na íntegra, o material que transformará o seu pós-obra. Revolucione!

Como ela interfere na Construção Civil 

Como percebemos, a taxa Selic está diretamente relacionada aos valores de juros que serão cobrados caso seja necessário realizar um financiamento ou tomar um empréstimo com o banco. A sua relação com o mercado da construção civil acontece justamente por isso, caso a taxa Selic esteja mais baixa, ela se torna ainda mais atrativa e consequentemente há mais solicitação de crédito para construir ou comprar imóveis. 

Quando se mantém baixa, a Selic leva o mercado ao aquecimento, é possível perceber mais empreendimentos sendo construídos nas cidades. Por isso, também ocorre um aumento considerável nas vendas, impulsionando também a adesão de programas habitacionais. 

Com os juros mais baixos, os bancos oferecem mais crédito e a procura por imóveis aumenta. Quando observamos os investidores mais conservadores, é justamente no momento em que a taxa Selic está baixa, que eles optam por comprar imóveis. 

No cenário da construção civil, o aumento da taxa Selic afeta diretamente a venda dos imóveis, bem como a construção de novos empreendimentos, podendo desacelerar o mercado e, às vezes, forçando as construtoras a diminuir os valores cobrados nos imóveis. 

Como fica a taxa Selic nos próximos anos 

Precisamos entender que, quando ocorre uma queda considerável na taxa, é esperado que ela volte a subir e atinja percentuais mais altos. Especialistas estimam que a taxa Selic chegue bem perto dos 8% e ela deve continuar alta no próximo ano, podendo subir até 8,5%. 

Há expectativas positivas para os próximos anos, especificamente para 2023 e 2024. É esperado que a taxa Selic volte a cair, podendo chegar próximo aos 6% ao ano. O valor ainda é considerado alto por alguns economistas. 

Por fim, podemos concluir que a taxa Selic é muito importante para o mercado da construção civil, já que está relacionada ao aumento de crédito, logo, haverá mais solicitações de financiamentos para a construir e para a compra de imóveis, aquecendo o nosso segmento. 

Os profissionais da construção civil devem acompanhar e entender que as suas variações influenciam diretamente nas decisões de investimento, fazendo surgir novos empreendimentos. 

Quer saber mais notícias relacionadas ao que acontece na área da construção civil? Acompanhe o nosso blog, sempre há uma novidade que vai te manter informado. Clique aqui.

Leave a comment