Inteligência de dados para um pós-obra eficiente

Inteligência de dados é como você usa seus dados para tomadas de decisões mais inteligentes. E essa estratégia, aplicada ao pós-obra pode levar a sua construtora a uma posição de destaque. Confira mais informações ao longo do texto. 

Você já deve ter ouvido o jargão de que “Contra dados não há argumentos”. E, de fato, há muito o que pensar a respeito disso. Afinal, quando você possui acesso a dados importantes do perfil do seu cliente, essas informações podem auxiliar em todo o seu processo de venda. E, no caso da construção, os dados podem ser cruciais para obter um pós-obra de sucesso, por longo tempo. 

Grandes empresas como Google, Amazon, IBM, Spotify e Netflix usam os dados dos seus clientes e usuários para definir estratégias mais assertivas. Algumas delas são bem fáceis de perceber, e você já deve ter notado. Alguns exemplos são os casos de indicações de séries, filmes, músicas ou outros produtos, baseados no seu perfil de consumo. 

E, sim, por mais que muitas dessas estratégias estejam bastante inseridas nas nossas rotinas, a ponto de passarem quase imperceptíveis, há uma robusta estrutura de dados por trás de cada uma delas. 

Outro fator que intensificou a necessidade do uso de dados foi essa aceleração digital, que vem se fortalecendo nos últimos meses, especialmente após a chegada da pandemia. Muitas marcas estão usando a inteligência de dados para embasar tomadas de decisões estratégicas e como forma de se manterem ativas durante o cenário de incertezas que acabou se instalando. 

Mas talvez você esteja se perguntando como usar Inteligência de dados para melhorar o pós-obra? 

Essas mesmas estratégias, baseadas no perfil de consumo dos seus clientes, podem ser aplicadas ao pós-obra e torná-lo muito mais eficaz. A dica, nesse caso, é identificar quais são os maiores gargalos a sua construtora e então buscar as ações mais interessantes para resolver esses problemas. 

Com base na nossa experiência de mercado, trouxemos alguns exemplos de como podemos usar inteligência de dados para tornar o pós-obra mais eficaz. Confira:

  • Inteligência de informações para reduzir o número de abertura de chamados 

Através das ferramentas corretas você consegue identificar o padrão de abertura de chamados dos seus clientes. Dados como: quais os sistemas construtivos relacionados ao número de ocorrências/ chamados mais solicitados. 

Também é possível identificar o tipo de chamado e já sugerir informações que possam auxiliar para a sua compreensão ou correção, como: dados sobre garantia e ainda sugestões de materiais para correção do problema. Veja um exemplo simples de chamado, que pode ser facilmente solucionado:

  • Problema: mau cheiro no ralo da sacada 
  • Solução: muitas vezes o mau cheiro pode ser solucionado com um pequeno ajuste no sifão. Nesse caso, ao usar descrições simples e algumas fotos ou vídeo, o próprio cliente seria totalmente capaz de resolver o problema. 
  • Gestão de Manutenções 

Outro fator que costuma onerar muito tempo e dinheiro das construtoras são as manutenções que precisam de visitas em campo. 

Para otimizar o tempo que a equipe gastará nesse atendimento, podem ser utilizadas informações adicionais como fotos, vídeos e um maior detalhamento do problema. Dessa forma, ao chegar no local, o responsável por essa manutenção já terá todas as informações previamente determinadas, o que pode otimizar muito o seu tempo de visita.

E esses são apenas alguns exemplos. Confira outros benefícios de usar a inteligência de dados no pós-obra: 

  • Estratégias 

As estratégias mais assertivas são aquelas embasadas em dados. Reconhecer o perfil do seu cliente, incluindo a forma como ele usa os dados que a sua construtora oferece para ele, pode trazer insights poderosos para o time de vendas. 

Isso porque ao identificar a forma como o seu cliente se relaciona com os seus empreendimentos, os pontos chaves dessa relação podem ser usados como gatilhos, para encantar e atrair outros clientes que tenham o mesmo perfil. 

  • Inovação 

Há ainda o fato de que as pessoas buscam por novidades, todos os dias. E, não pense que seu cliente não é uma dessas pessoas. Segundo pesquisa recente do Google, são feitas bilhões de pesquisas todos os dias, e 15% dessas consultas são aquelas que não vimos antes.

Isso significa que seu cliente busca por soluções inovadoras. E, lembre-se de que inovar não é simplesmente criar algo que não existia no mercado, mas sim criar soluções mais eficientes de solucionar problemas já muito conhecidos. 

Confira alguns exemplos de soluções inovadoras que podem ser facilmente aplicadas ao seu pós-obra, se você utilizar as ferramentas corretas:

  • Manual do condomínio e do proprietário inovador e interativo, com fotos, vídeos, 100% digital e customizado;
  • Dados de acesso dos seus clientes, incluindo as páginas que eles mais acessam, os tipos de materiais mais vistos e aquelas nunca acessados;
  • Interações dos clientes com as atualizações da construtora, novas fotos ou vídeos do empreendimento (mesmo os que estão ainda em construção), informações sobre novas unidades ou novos empreendimentos;
  • Acompanhamento online, 100% digital, das atividades de manutenção preventiva ou assistência técnica que estão sendo realizadas no empreendimento;
  • E muitas outras informações! 
  • Competitividade 

De fato, as empresa que continuam no mercado por mais tempo – e de forma saudável – são aquelas que estão sempre inovando. E, se o seu público busca por novidades, é importante que a sua construtora se mantenha competitiva. 

Por isso, usar dados já conhecidos – a partir do perfil dos seus clientes – pode ser um passo vital para manter a sua construtora competitiva no mercado. 

  • Metrificação

A metrificação é uma das bases para uma estratégia inteligente. A Inteligência de dados permite que a sua construtora consiga metrificar alguns dados preciosos a respeito do engajamento do seu cliente. Muitos desses dados podem servir, inclusive, como embasamento legal para uso da construtora, caso necessário. 

Isso porque, através de relatórios de uso, é possível verificar se o cliente recebeu as notificações necessárias, a respeito de manutenções preventivas, por exemplo. Além disso, é possível verificar também o acesso desses clientes a outras informações relativas à boa utilização dos sistemas construtivos. 

Manual interativo para o pós-obra


➤ Confira, na íntegra, o material que transformará o seu pós-obra. Revolucione!

Sua Construtora é Data-driven?

A cultura data-driven está cada vez mais inserida no mercado, em todos os setores! Consiste, basicamente, em definir decisões estratégicas embasadas em dados. 

A sua construtora está pronta para se tornar uma Construtora data-driven e se destacar no mercado?

Nós podemos te ajudar a tornar isso possível! Chama a gente pela opção de contato no nosso site ou através do whatsapp: +55 48 9192-7419 e nós te mostraremos como essas estratégias podem ser aplicadas à sua construtora.

Leave a comment